Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

21/03/2020

5 FORMAS DE AUMENTAR A IMUNIDADE

Estamos passando por um momento difícil e agora precisamos, acima de tudo, cuidar da nossa imunidade.

Listamos 5 dicas práticas de como melhorar a sua imunidade sem precisar sair de casa. Confira!

 

1. Mantenha uma alimentação balanceada.

O período de quarentena e ficar o tempo todo em casa pode trazer tédio e vontade de comer guloseimas. Mas cuidado, alguns alimentos inflamatórios baixam sua imunidade drasticamente.

Procure se alimentar de forma saudável a fim de suprir as necessidades nutricionais do corpo para manter uma boa saúde e as células de defesa ativas.

No geral, entre as substâncias mais recomendadas para fortalecer o sistema imunológico, estão:

Vitamina C (laranja, limão, gengibre, frutas cítricas);
Vitamina A (cenoura, couve, abóbora);
Vitamina E (grãos, folhas verdes, óleos vegetais);
Ômega 3 (salmão, atum, linhaça);
Ácido fólico (vegetais verde-escuros, feijão, cogumelos);
Zinco (carne bovina, nozes, amêndoas).

Portanto, montando um cardápio variado e balanceado — se preferir, com a ajuda de um nutricionista — é possível favorecer a imunidade, reduzindo as chances de deficiências e suas complicações.

 

2. Pratique exercícios físicos.

Existem diversas formas de se praticar algum exercício físico, mesmo que seja na sala de casa.

A dica que damos aqui é o aplicativo Nike Training Club, que é gratuito e possui uma série de exercícios para todo o corpo, além de programas de treinamento. 

A maioria das séries não necessitam de equipamentos e você pode configurar seu programa de treinamento de acordo com o seu nível físico.

 

3. Evite o uso desnecessário de medicamentos.

Esse é um pecado cometido por muitas pessoas, até mesmo inconscientemente. No entanto, o consumo de medicamentos sem uma real necessidade pode afetar os anticorpos e todo o sistema imunológico.

O uso indevido de antibióticos, por exemplo, acaba sendo prejudicial por aumentar a resistência de algumas bactérias. Não é por acaso que esse tipo de medicação entrou para a lista dos remédios controlados.

Por isso, nada de “aproveitar” os comprimidos que sobraram na gaveta, a não ser em casos que o consumo seja com prescrição e orientação médica!

 

4. Durma bem.

Assim como é importante manter o corpo ativo, também é essencial dar a ele um período de descanso. Mas, se as noites forem mal aproveitadas, dificilmente a energia será revigorada como deveria.

Nesses casos, o organismo entra em um ciclo desgastante, acumulando estresse e tensões, já que é durante o sono que diversos hormônios importantes são liberados para equilibrar o corpo. Então, a longo prazo, a falta de noites bem dormidas pode causar alguns efeitos desagradáveis, como perda de memória, distúrbios de humor, desatenção, cansaço e, claro, baixa imunidade.

 

5. Consuma vitaminas e nutrientes de modo adequado.

As vitaminas ajudam a fortalecer o sistema imunológico e tornam o corpo mais forte e saudável. A seguir, veja algumas opções nas quais você pode apostar e descubra como usufruir de seus benefícios.

 

• Polivitamínicos

Os polivitamínicos são uma excelente opção para quem não consegue manter a absorção de alimentos de forma adequada e busca suprir a falta desses nutrientes. Além disso, eles são ideais para fortalecer o sistema imunológico, reduzir sintomas de cansaço e fadiga e diminuir a ação dos radicais livres, graças ao seu potencial antioxidante.

A fórmula dos polivitamínicos apresenta vitaminas ativas e minerais quelados, que são responsáveis por absorver os nutrientes com mais eficiência. Assim, conseguem manter as funções orgânicas do corpo.

 

• Ômega3

O ômega 3 é um ácido graxo, ou seja, uma gordura boa cuja função é otimizar a produção de células brancas, estruturas responsáveis por identificar e eliminar agentes nocivos do corpo. Por isso, ele ajuda a proteger o organismo contra inflamações e infecções, mantendo a saúde cardiovascular e cerebral.

Esse nutriente pode ser encontrado em:

peixes do mar, como sardinha, salmão e atum;
sementes, como chia, cânhamo e linhaça;
leguminosas, como feijão, soja, ervilha e grão-de-bico;
oleaginosas, como nozes, amêndoas e pistache.

 

• Glutamina

A Glutamina é um aminoácido livre não essencial, que costuma estar presente em grande quantidade no fluxo sanguíneo e ao longo do tecido muscular. Isso significa que ela pode ser produzida pelo organismo humano a partir de outros tipos de aminoácidos.

 

E aí, conseguiu aprender um pouco mais sobre como melhorar o sistema imunológico e evitar a baixa imunidade? De qualquer forma, saiba que o ideal é procurar um médico ao notar que você está com algum sintoma de gripe.

Aproveite nosso cupom BEMVINDO e ganhe 15% off na sua primeira compra em nossa loja.